Chamada para os próximos números da Gragoatá

 

Gragoatá 43

Organizadores: André Dias (UFF) e Kenneth David Jackson (Yale University)

Tema: Textos fundadores e sua produtividade literária e cultural

Ementa: Há textos considerados fundadores por diversas razões, que se destacam por seu impacto em ambientes literários e culturais, nacionais ou internacionais. Alguns podem ser considerados fundadores de estilos de época ou períodos literários, como O mulato, de Aluísio Azevedo ou Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, no Brasil, embora nem sempre pelas mesmas razões, e quase nunca de forma indiscutível. Outros podem ser considerados textos que definem ou configuram a identidade nacional, como a Canção do exílio, de Gonçalves Dias, ou Iracema, de José de Alencar, no Brasil, ou a Constituição nos EUA, poemas e narrativas vistos como seminais (Os Lusíadas, de Camões; Dom Quixote, de Cervantes) ou livros religiosos (a Bíblia, o Alcorão), em outros lugares. Esses textos frequentemente apresentam uma grande produtividade, na medida em que são reinterpretados, reapropriados, traduzidos, reificados e criticados, em diferentes momentos históricos, por diferentes motivos. Nesse número, aceitaremos submissões que enfoquem textos fundadores e/ou aspectos de sua produtividade literária e cultural.

Submissão de artigos: 01 de janeiro a 30 de abril de 2017 [ENCERRADO].
Publicação prevista para agosto de 2017.


Gragoatá 44

Organizadores: Silvia Maria de Sousa (UFF) e Jacques Fontanille (Université de Limoges)

Tema: Da língua ao discurso: paradigmas teóricos

Ementa: Os 100 anos do Curso de linguística geral: contribuições e influências. Saussure para além do Curso: a construção do objeto da linguística. Do signo ao texto, da língua ao discurso: constituição das teorias do discurso e do texto. Outros paradigmas teóricos de estudo do discurso e do texto: confrontos, métodos e perspectivas.

Submissão de artigos: de 01 de maio a 31 de agosto de 2017.
Publicação prevista para dezembro de 2017.